Foodtrucks: espaço gourmet itinerante

0
Muito mais que a pipoca e o cachorro quente, os FoodTrucks trazem toda uma variedade gastronômica para quem tem pressa para se servir.


Disponível principalmente nos grandes centros, essa febre importada dos Estados Unidos promete comida boa e vantagens financeiras.

O aumento desses carros ocorreu graças a uma lei sancionada pelo prefeito Fernando Haddad, no ano passado, que muda as regras para venda de comida de rua. A lei municipal 15.947/2013 regulamenta como poderá ser a venda e flexibiliza as relações de ambulantes.

Para montar o negócio, é preciso permissão da prefeitura, por isso a regra pode mudar de acordo com a cidade. Mas, para driblar essa situação, muitos chefs fizeram parcerias com prédios comerciais e estacionamentos privados, montando o seu negócio para o público em geral sem ferir nenhuma lei e atendendo ao público.

Festival de Foodtrucks

Só em São Paulo já existem diversos estilos de FoodTruck, tanto de caminhão quanto de comida, que se reúnem em um festival todos sábados e domingos, nos Jardins. O Festival de Comidinhas acontece em espaço coberto e reúne comida e música boa, com apresentação de bandas e intervenções artísticas. Ainda, todo mês o festival auxilia uma ONG diferente.

Entre as opções estão desde a famosa coxinha até o açaí na tigela, batatas recheadas e lamem para os diferentes paladares. Há também culinária vegetariana, vegana e sem lactose. Antes de virar moda, porém, Santa Catarina já apresentava os food trailers, pequenos vagões que abrigaram restaurantes gourmets. Em novembro, a novidade será o Churrastruck, churrascos com molhos diferentes, em cortes diferentes, que irá circular pela Capital a partir de novembro.

O interessante desse novo negócio é a possibilidade de inovar todos os dias com um investimento mais baixo que montar o seu próprio restaurante. Essa também é uma forma de valorizar os ambulantes e a culinária. Esse post da Minuto Seguros, explica alguns passos básicos que os comerciantes devem seguir para se inserir nesse mercado.

O principal foco desses estabelecimentos são os apressados, que correm de um ponto a outro sem tempo para perder. Agora eles também podem refinar o paladar mesmo com pouco tempo disponível.

Vídeo mostra como fazer bolos no pote e ganhar dinheiro com isso

Compartilhe:
Dê sua nota:
Não gosteiRegularBoaÓtimaMaravilhosa (Nenhum voto)
Loading...

Deixe um comentário